Literatura brasileira

Os japoneses terão um encontro especial com a literatura brasileira em 2022. Em parceria com a editora Suiseisha, a Embaixada do Brasil apoia a publicação de clássicos da literatura nacional, traduzidos para o idioma japonês diretamente do português. O projeto é coordenado pela professora Chika Takeda, vice-presidente da Universidade dos Estudos Estrangeiros de Tóquio.

 

Esta coleção especial integra a programação cultural da Embaixada do Brasil em Tóquio para o Bicentenário da Independência do Brasil, celebrado em 2022. O projeto abrange iniciativas nas áreas de literatura, artes visuais, arquitetura, audiovisual, música popular e música de concerto.

 

Cinco obras-primas da literatura brasileira serão lançadas no mercado japonês neste ano: “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos, em fevereiro; “Nihonjin”, de Oscar Nakasato, em junho; “As Meninas”, de Lygia Fagundes Telles, em agosto; “Torto Arado”, de Itamar Vieira Junior, em novembro; e a coletânea “O melhor do conto brasileiro”, em dezembro.

A primeira obra dessa coleção já está disponível nas livrarias japonesas. “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos, é considerada um dos grandes clássicos de nossa literatura. Ao refletir sobre a dura realidade enfrentada por tantos sertanejos, sua leitura é indispensável para entender aspectos importantes da sociedade brasileira. Neste depoimento, o professor Thiago Mia Salla, especialista na vida e na obra de Graciliano Ramos, tece alguns comentários sobre a relevância do livro.

Com o apoio do governo brasileiro, a editoria Suiseisha tem ampliado seu catálogo de literatura brasileira contemporânea, que já abrange livros como “Órfãos do Eldorado”, de Milton Hatoum; “Os Velhos Marinheiros”, de Jorge Amado; “Joias de Família”, de Zulmira Ribeiro Tavares; “Primeiras Estórias”, de João Guimarães Rosa; “Feliz Ano Novo”, de Rubem Fonseca; e “Nove Noites”, de Bernardo Carvalho.

 

Com esta iniciativa, a Embaixada do Brasil busca ampliar o conhecimento do público japonês sobre a cultura brasileira e promover o diálogo entre as duas sociedades por meio da literatura. O lançamento de cada livro será acompanhado de ciclos de leitura, debates acadêmicos e exibição de filmes e documentários. Os eventos serão divulgados nas redes sociais da Embaixada: @brasembtokyo.

 

Visite o site burajirubungaku.net para conhecer o projeto e ficar a par das últimas atualizações.

Fonte: Embaixada do Brasil em Tóquio

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Veja também