Terminais portuários no Nordeste terão R$222 milhões de investimento privado

Leiloados pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura, os terminais portuários MAC13, no Complexo Portuário de Maceió (AL), e o salineiro de Areia Branca (Tersab), no Rio Grande do Norte, terão R$ 221,86 milhões em investimentos privados garantidos nos próximos anos.

Parte da Super Infra, o arremete ocorreu na Bolsa de Valores de São Paulo (B3). A Empresa Alagoana de Terminais Ltda., vai administrar o terminal no Porto de Maceió, e o Consórcio Intersal fica com o Tersab. Respectivamente, os valores de outorga foram de R$ 15 mil e R$ 100 mil.

Destinado à movimentação e armazenagem de granéis sólidos minerais, especialmente sal marinho, o Tersab está localizado no Complexo Portuário de Areia Branca, e tem área de 35.114m². Estima-se que serão gerados 2.526 empregos ao longo dos 25 anos de contrato. Os investimentos girarão em torno de R$ 164,1 milhões. A expectativa de movimentação é de 69,3 milhões de toneladas.

Já o MAC13 de Maceió foi arrematado tem vocação para movimentar e armazenar granel vegetal, especialmente o açúcar, uma das commodities agrícolas mais consumidas e comercializadas do mundo e cujo líder mundial de produção e exportação é o Brasil. A expectativa de movimentação é de 25 milhões de toneladas durante os 25 anos de contrato. A área possui 71.262m². Os investimentos girarão em torno de R$ 57,8 milhões.

Fonte: Governo Federal

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Veja também