Setor de construção teve bom resultado em 2020

A digitalização das micro e pequenas empresas foi essencial para muitos segmentos da economia durante o ano de 2020. Entretanto, a, o setor da Construção Civil foi um dos que menos sentiu o impacto da pandemia e empregou mais, mesmo sem ter reforçado o investimento no uso de redes sociais e de aplicativos para vender seus produtos e serviços.

De acordo com a 9ª edição da pesquisa “O Impacto da Pandemia de Coronavírus”, elaborada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), apenas 62% das empresas dessa atividade estão na internet e redes sociais, número inferior à média dos pequenos negócios, que é de 70%. Apesar disso, o setor da construção foi um dos cinco segmentos que menos apresentaram queda de faturamento (30%). 

No mesmo sentido, o estudo do Caged de 2020, demonstrou que a Construção Civil foi o setor que fechou o ano com o maior saldo de empregos gerados: 136,5 mil empregos, o que representa 46,6% do total de vagas criadas pelas micro e pequenas empresas no ano passado.

Fonte: Sebrae

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Veja também