Mato Grosso do Sul bate recorde em valor exportado e no superávit em 2021

As exportações de Mato Grosso do Sul, em 2021, foram recorde em valor, conforme atesta a Carta de Conjuntura do Setor Externo produzida Coordenação de Economia e Estatística da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).  O saldo entre as exportações e importações também foi o maior desde 2015. As vendas dos bens produzidos no Estado a outros países somaram US$ 6,857 bilhões em 2021, valor 19% maior do que o apurado em 2018 (US$ 5,759 bi), o maior da série até então.

Já o superávit – que é a diferença entre tudo o que o Estado exporta e importa – atingiu a cifra de US$ 4,270 bilhões em 2021, quase 9% maior do que o recorde anterior, US$ 3,917 bilhões apurado no ano passado. Esse superávit ainda é muito mais expressivo se comparado ao valor de 2015, que foi o menor da série com US$ 1,307 bilhão. No ano passado Mato Grosso do Sul importou US$ 2,587 bilhões em produtos diversos, com destaque para o gás natural comprado da Bolívia, que representou 43% do total das importações.

A soja em grão aparece em primeiro lugar na pauta de exportações com 34,27% do total vendido ao exterior.

Fonte: Governo MS

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Veja também