Brasileiros viajam pelo País usando reconhecimento facial

O programa Embarque + Seguro, do Governo Federal, alcançou a marca de 2.641 passageiros viajando pelo Brasil, em 157 voos, sem apresentar documentos e cartão de embarque. Eles só precisaram da imagem de seus rostos para realizar todos os procedimentos necessários à viagem, do check-in ao acesso à aeronave. A iniciativa consiste no uso do reconhecimento facial biométrico para tornar a jornada dos viajantes mais rápida e segura.

“A pandemia nos impõe desafios, como diminuir o contato humano, a troca de documentos, de papéis. É uma satisfação estarmos reunidos com uma agenda tão positiva, transformadora. Vamos diminuir em 25% o tempo de embarque, o que reduz muito o custo das aeronaves no solo. É mais conectividade e segurança para os nossos aeroportos”, afirmou o secretário-executivo do MInfra, Marcelo Sampaio, durante o lançamento do projeto-piloto em Brasília.

O projeto-piloto do Embarque + Seguro começou em outubro de 2020, em Florianópolis (SC); já passou Salvador (BA), Santos Dummont (RJ), Belo Horizonte (Confins) e Congonhas (SP), até chegar à capital da República.

Fonte: Minfra

Foto: EBC

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Veja também